quinta-feira, 6 de agosto de 2015

Gabinete do vereador Netinho de Paula (PDT) - Verba indenizatória - Junho/2015

Relatório Mensal por Natureza de Despesas 
O total de gastos no mês poderá ser superior à cota mensal de referência quando o gabinete de Vereador fizer uso de saldos não utilizados em meses anteriores (Lei 13.637/03 e Lei 14.381/07). O gasto com correio poderá exceder o limite de dispensa de licitação (Lei 14.613/07).

As despesas relativas a locação de veículo, correio e serviços de reprografia, com CNPJ da Câmara Municipal de São Paulo, referem-se a valores que são deduzidos da cota disponibilizada mensalmente aos Gabinetes de Vereadores e Lideranças, portanto não são reembolsadas.

ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO: 03/08/2015


Vereador(a): NETINHO DE PAULA
Natureza da despesaValor utilizado
COMBUSTIVEL
15.682.637/0001-82AUTO POSTO PORTAL ARAGUAIA LTDA1.721,67
TOTAL DO ITEM1.721,67
COMPOSIÇÃO/ARTE/DIAGRAMAÇÃO/PRODUÇÃO/IMPRESSAO GRAFICA
18.540.866/0001-50LUCIANO DOMINGUES DA COSTA7.145,11
TOTAL DO ITEM7.145,11
CONTRATAÇAO DE PESSOA JURIDICA
19.809.735/0001-99SDB COMUNICAÇAO ASSOCIADOS LTDA7.387,50
TOTAL DO ITEM7.387,50
INTERMEDIADO - LOCAÇÃO DE VEÍCULOS
50.176.288/0001-28CAMARA MUNICIPAL DE SÃO PAULO2.786,79
TOTAL DO ITEM2.786,79
INTERMEDIADO - REPROGRAFIA (XEROX/ENCADERNAÇÃO)
50.176.288/0001-28CAMARA MUNICIPAL DE SÃO PAULO28,00
TOTAL DO ITEM28,00
MATERIAL DE ESCRITORIO E OUTROS MATERIAIS DE CONSUMO
06.226.820/0001-82CENTER PAPEIS COMERCIAL LTDA.986,95
TOTAL DO ITEM986,95
TOTAL DO MÊS20.056,02

RESUMO DO MÊS DO AUXÍLIO-ENCARGOS GERAIS DE GABINETE
VALORES DISPONIBILIZADOS19.921,88
VALORES GASTOS20.056,02
RESUMO DO ANO DO AUXÍLIO-ENCARGOS GERAIS DE GABINETE
VALORES DISPONIBILIZADOS119.531,28
VALORES GASTOS116.537,18


Vereador Alfredinho (PT) critica vereadores e a imprensa pela repercussão da criação de 660 cargos na Câmara

O vereador usou a tribuna no pequeno expediente na Sessão Plenária de hoje (05/08) para criticar os vereadores contrários a criação de mais 660 cargos de assessores na CMSP, mais 12 por vereador, e a imprensa pela repercussão negativa da matéria.


 

segunda-feira, 20 de julho de 2015

Moradora faz pressão e vereadores, em vez de aumentar, cortam salários


Quem é a pequena comerciante de Santo Antônio da Platina, no interior do Paraná. Que deu, esta semana, um exemplo de cidadania para todo o país?
Você viu, no Jornal Nacional de quinta-feira (16): Adriana Lemes de Oliveira conseguiu impedir que os vereadores da cidade aprovassem um aumento de salário. Hoje, é aclamada nas ruas.
Na pequena loja de presentes, a freguesia continua a mesma, mas a dona nunca viu tanta tietagem. “Digo parabéns porque o que estamos passando é vergonhoso”, diz a cliente Lilian Souza. E sair para ruas, então? Está difícil. A equipe do Fantástico não dá um passo sem que ela pare para cumprimentar, acenar para alguém.
“Porque ela representou o que a gente queria fazer, mas talvez não tivesse coragem de ir lá e fazer o que ela fez", diz a vendedora Helen Faria...

Continue lendo no Portal G1/Fantástico

sábado, 18 de julho de 2015

Vereadores de Arapoti (PR) apresentarão projeto de redução salarial

Matéria publicada originalmente pela Folha Paranaense

DSC09208 

Seguindo o exemplo da Câmara Municipal de Santo Antônio da Platina, que reduziu os salários dos parlamentares para R$ 970,00, a Câmara de Arapoti também votará projeto para redução de salários para a próxima gestão. A expectativa, segundo um dos propositores do projeto, o 1º Secretário, vereador Luis Carlos Moreira, é reduzir em até 60% o valor do subsídio. Ele concedeu entrevista exclusiva ao programa Revista Arapoti da rádio Cidade FM 87,9 neste sábado, 18.

Hoje um parlamentar recebe R$ 4,6 mil por mês. Com a aprovação do projeto, o subsídio do vereador em Arapoti passará para aproximadamente R$ 1,7 mil. Além de Luis Carlos, assina o projeto o Presidente da Casa, Wesley Ulrich (Lelo) e o vereador Nelson Aguiar (Pepe). “Esta é uma ideia que já tive desde o início do mandato quando era Presidente da Casa. Geralmente a votação do reajuste dos subsídios de vereadores e do prefeito é feito um ano antes da nova gestão, então esperávamos votar este projeto no ano que vem, mas resolvemos seguir o exemplo de Santo Antônio da Platina e colocar em pauta neste momento positivo em que a pressão popular contribuirá para a aprovação da matéria” falou o vereador Carlinhos.

A proposta entrará em pauta na volta do recesso parlamentar e seguirá para a análise das comissões permanentes da Câmara, antes de entrar em votação. Segundo Carlinhos, a aprovação do projeto promoverá uma economia de mais de R$ 1 milhão aos cofres públicos. “Sugerimos também por parte do Executivo a redução do salário do prefeito e também dos cargos comissionados. Com isso sobrará mais recursos para investimentos em nossa Saúde, Educação e Infraestrutura” falou o vereador.

Postagens populares